Entrega de produtos em um dia da Amazon é enganosa, diz Corpo Publicitário Britânico

Afirmação de entrega em um dia da Amazon é enganosa, de acordo com Corpo Publicitário Britânico, ASA.

Um corpo de publicidade britânico determinou que a Amazon, gigante do e-commerce, não está autorizada a fazer afirmações sobre suas entregas de um dia pelo seu serviço Prime devido a reclamações de 280 pessoas que disseram que não receberam seus produtos no dia seguinte ao pedido.

A Advertising Standards Authority (ASA) disse que a promessa da Amazon britânica de entrega em um dia foi uma propaganda enganosa para os principais produtos. Foi dito que a empresa deve excluir estes itens que não estão disponíveis para serem entregues no dia seguinte.

Neste momento, a página inicial da Amazon britânica incluiu a mensagem “entrega em um dia para o Natal”, com a seguinte declaração “Tenha a entrega em um dia ilimitada com Amazon Prime”.

Havia também um texto em outro lugar da página explicando que a entrega em um dia dependia da disponibilidade do produto e do tempo de confirmação do pedido.

Como resposta à ASA, a empresa declarou que seu texto não prometia uma velocidade específica de entrega de um produto específico, acrescentando que a informação sobre a entrega poderia ser vista em páginas separadas.

Por outro lado, o corpo publicitário concluiu que as pessoas provavelmente não visitariam estas páginas antes de decidir comprar o Amazon Prime, que requer que os membros paguem $10,18 por mês.

“Como os consumidores provavelmente entenderiam isso, desde que não encomendassem muito tarde, todos os itens Prime estariam disponíveis para entrega no dia seguinte com a opção de entrega de um dia … concluímos que o anúncio era enganoso”, disse o relatório da ASA.

O corpo publicitário advertiu a Amazon que suas afirmações não deveriam ser vistas novamente em sua forma atual, que é seu fraseado habitual quando se trata de reclamações.

A entrega é uma das prioridades da Amazon. A empresa tem notado o risco associado com a ajuda de parceiros externos em seu último relatório anual, assim como seu impacto potencial nos resultados financeiros.

“Se formos incapazes de negociar termos aceitáveis com estas empresas ou eles tiverem problemas de desempenho ou outras dificuldades, isso poderia impactar negativamente nossos resultados operacionais e a experiência do cliente”, de acordo com o registro da empresa em 10-K em fevereiro.

A Amazon gastou US$ 21,7 bilhões com frete, centro de distribuição e transporte em 2017, maior que os US$ 11,5 bilhões gastos em 2015. Ela anunciou em junho que permitirá que empreendedores façam conexões de entregas locais nos EUA.

Ainda não está claro o que a Amazon alterou em resposta da imposição da ASA, embora um porta-voz da gigante do varejo online tenha dito que a data de entrega esperada é mostrada antes do pedido ser efetuado e que eles trabalham “implacavelmente” para alcançar a data indicada.

“A maioria dos pedidos de entrega em um dia são entregues quando prometidos. Uma pequena proporção de pedidos faltou com a promessa de entrega no ano passado durante o período de clima extremo, que impactou a todos no Reino Unido, e nós fornecemos suporte para os clientes impactados o tempo inteiro”, disse o porta-voz.

Deixe uma resposta

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: