Preços do Petróleo Caem Enquanto Estoques de Petróleo Cru Aumentam

Preços do petróleo caem abaixo de US$ 74 por barril após os estoques de petróleo cru dos EUA aumentarem para 5,6 Milhões e uma vez que o conflito comercial EUA-China desacelera o crescimento econômico.

Os preços do petróleo caíram na quarta-feira enquanto os Mercados digeriam um repentino aumento nos estoques de petróleo cru dos EUA na semana passada e enquanto o crescimento econômico lento da Ásia manteve os preços sob pressão em meio à disputa comercial em curso entre os Estados Unidos e a China.

Os futuros de referência internacional do petróleo Brent para o contrato em outubro caíram 1,1% para US$ 73,34 por barril, enquanto os futuros de petróleo cru WTI para entrega em setembro declinaram 1% para US$ 68,03 por barril.

Para este mês, ambas a referências marcaram suas maiores perdas mensais desde julho de 2016. O Brent escorregou mais de 6% este mês, enquanto os futuros de petróleo cru WTI encolheram cerca de 7%.

Estoques de Petróleo Cru dos EUA Aumentam Para 5,6 Milhões Em Julho

 

O que empurrou os preços para baixo foram os dados do Instituto Americano de Petróleo (API, sigla em inglês) que apresentou um crescimento inesperado nos estoques de petróleo cru dos EUA na semana passada.

Para a semana que se encerrou em 27 de julho, os inventários do petróleo interno aumentou 5,6 milhões de barris, contradizendo a previsão de uma queda de 2,8 milhões de barris.

O estrategista chefe de Mercado, Greg McKenna, disse que os dados da API empurraram o mercado para baixo, embora já estivesse sob pressão após o Brent não ter conseguido manter o impulso de volta para a antiga tendência de alta de um ano desencadeada nos meses anteriores.

O Brent poderá decliner para tão baixo quanto US$ 71 por barril antes de ter suporte, enquanto o petróleo cru WTI tem uma queda de US$ 2 à US$ 4 como uma grande possibilidade nas próximas semanas, acrescentou Mckenna.

Com API apresentando um enorme aumento no fornecimento, o foco agora estará nos dados oficiais da Administração de Informação de Energia (EIA, sigla em inglês) dos EUA no final do dia. Os analistas esperam que a EIA apresente uma queda de 2,4 milhões de barris no fornecimento de petróleo cru.

Ainda adcionando mais pressão sob os preços estava a possibilidade da interrupção de fornecimento em Bab al-Mandeb Strait no Mar Vermelho chegar ao fim, uma vez que Houthi militia do Yemen anunciou que estava considerando parar temporariamente seus ataques no Mar Vermelho para apoiar os esforços de paz.

A Arábia Saudita teve que tomar uma decisão inesperada na semana para suspender a entrega de petróleo pelo Bab al-Mandeb Strait após os Houthis terem assaltado dois navios tanques de petróleo da Arábia Saudita.

Preços no Mercado físico foram vistos também caindo, onde os principais exportadores de petróleo da Arábia Saudita são esperado para cortarem os preços para todas as grades de petróleo cru que estão destinados à Ásia em agosto, segundo vários participantes do mercado.

Economia da Ásia Desacelera em Julho Ante Disputa Comercial EUA-China

 

Receios sobre o crescimento econômico lento devido à disputa comercial EUA-China estavam pensando também nos mercados.

Após a implementação da China e dos EUA de tarifas de US$ 34 bilhões sobre os produtos um do outro, os EUA são esperados para apresentarem outra rodada de tarifas sobre US$ 16 bilhões em produtos chineses em agosto.

Além disso, as tensões comerciais entre as duas maiores economias do mundo podem aumentar ainda mais, uma vez que a Casa Branca está preparando-se para propor tarifas de 25% sobre outros US$ 200 bilhões de importações, que era 10% mais do que o planejado originalmente.

Com os dois países em desacordo, o cresicmento da economia está sofrendo as conseqüências. A atividade manufatureira na Ásia desacelerou em julho, levantando ainda mais preocupações sobre as perspectivas econômicas da região, já que o conflito entre os EUA e a China deixou os parceiros comerciais da Ásia no limite.

As repercussões trazidas pelo conflito à economia já estão aparecendo no mercado de contêineres, no qual a maioria dos produtos acabados é importada e exportada.

O índice de contêineres da Harpex caiu 10% de suas máximas de 2011 em junho para o último fechamento de  613, seu nível mais baixo desde março.

Deixe uma resposta

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: