Roche Compra O Rest Of Cancer Expert Foundation Medicine Por US$2,4 Bilhões

O fabricante suíço de medicamentos, Roche, está pagando US$ 2,4 bilhões para comprar o resto da Foundation Medicine, elevando suas apostas na habilidade do grupo de perfil genômico dos EUA para personalizar os cuidados com o câncer.

O acordo apoiado por ambos os conselhos das companhias está avaliado em US$ 137 por ação- um prêmio de 29% para o preço de fechamento da  FMI(sigla em inglês ) na segunda-feira avaliando a companhia com sede em Cambridge, Massachusetts em US$ 5,3 bilhões.

A transação está definida para ser encerrada na segunda metade do ano, os parceiros disseram em uma declaração na terça-feira.

E a mais recente em uma série de aquisições pela Roche uma vez que o maior fabricante de medicamentos do mundo de remédios para o câncer busca ganhar acesso na tecnologia promissora desenvolvida pela companhia de tecnologia para impulsionar o crescimento futuro já que os medicamento lá mais antigos enfrentam concorrência.

Aquisição da FMI

A FMI desenvolve amplos ensaios de perfil genômico para identificar alterações moleculares no câncer do paciente e combinam elas com tratamentos identificados, testes de imunoterapia e clínicos.

O grupo suíço planeja preservar a autonomia da FMI com o grande grupo Roche monitorando a abordagem da quase independência que teve início com Genetech.

Primeiramente, a Roche comprou uma participação de 56% na FMI por US$ 1 bilhão em 2015, portanto já foi visto um crescimento de investimento em valor.

Mas teve um longo caminho percorrido para atingir a criação de valor atingido em Genentech, onde Roche comprou 60% da companhia por apenas US$ 2,1 bilhões em 1990 e desfrutou de uma variedade de medicamentos bem vendidos. Roche comprou finalmente de investidores minoritários na Genentech por US$ 47 bilhões.

Aquisição da Roche

No início deste ano, a Roche concordou em comprar o resto da companhia de dados de câncer dos EUA, Flatiron Health, por US$ 1,9 bilhão em um acordo similar. Ambas as compras ecooa seu sucesso em assumir o controle da companhia de biotecnologia com sede na Califórnia, Genentech 28 anos atrás.

A FMI desenvolve testes para ajudar médicos a entenderem o perfil genético de tumores dos pacientes e guiá-los para tratamentos efetivos.

O chefe farmacêutico da Roche, Daniel O’Day disse que tal tecnologia foi “importante para nossa estratégia Personalizados de cuidados com a saúde e a grande disponibilidade de alta qualidade de perfil genômico amplo é o principal condutor para o desenvolvimento de, e acesso para novos tratamentos do câncer.

Deixe uma resposta

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: